O fato de ser um filme palestino já chama muita atenção.

Paradaise Now PosterParadaise Now, (الجنّة الآ, 2005). Como é bom achar numa locadora um desses filmes que você está a muito tempo procurando. Não tenho do que reclamar dos filmes árabes que eu já assisti, mas produzir um filme dentro de um território ocupado, nas circunstâncias que é a Palestina torna a coisa toda muito mais interessante.

O filme é sobre homens bomba mas, como é de costume, eu não vou revelar mais nada sobre o enredo. Não adianta chorar. Qualquer pequena sinopse iria conter revelações sobre o enredo e isso é uma coisa realmente irritante.

O filme aborda, mas não esgota, o tema do ataque suicida enquanto forma de resistência palestina. Embora o filme tenha sido, naturalmente, muito criticado por isso ele é um olhar muito autocrítico e cauteloso sobre o tema. Ele exibe este tema com detalhes mas sem tomar partido. Quando você acha que isso aconteceu o filme puxa violentamente sua opinião para o outro lado.

Embora ele coloque um lado religioso, também contra balanceia expondo, ainda que delicadamente, a ocupação Israelense. Não há uma visão estereotipada dos elementos e dos personagens, mas sim uma complexa mistura de fatores. Isso ficou muito bom. Pena que os personagens não tenham mais tempo no filme para crescer.

Cena do filme Paradaise NowEu concordo com o filme sobre muitas coisas, somos contra os atentados terroristas já que servem como álibi para Israel e que necessitamos de paz e que para a paz seja atingida é necessário haver duras concessões.

Se você se interessar pelo tema sugiro também o estupendo Promessas de Um Mundo Novo. Uma coleção de entrevistas com crianças israelitas e palestinas em forma de documentário. Esse me arrancou lágrimas.

Enfim, Paradise Now é um olhar interessantíssimo sobre o assunto e uma imensa coragem de sair do clichês atuais. Um filme obrigatório.

Por faltar alguma coisa que eu não sei o que é o filme fica com 4 de 5 Schnauzers.
4 Schnauzers

O DVD do Paradise Now eu encontrei pelo menor preço aqui (Buscapé).