Estou com pelo menos três meses tentando cancelar meu plano Oi Controle e os atendentes sempre conseguiam me enrolar. Nos próximos sete capítulos dessa história eu vou compartilhar um pouco do meu conhecimento e mostrar a essência do telemarketing-fu, a técnica milenar para derrotar o telemarketing.

Capítulo 1 – Meu Primeiro Celular

Meu perfil de usuário é bem simples:

  • 99% das minhas ligações são para minha namorada.
  • Celular tem que ter agenda de compromissos e alarme.
  • Câmera, Java, Symbin e conexão GPRS são opcionais que eu gosto de ter.

Tudo começou com meu primeiro celular, o Nokia 3100 que eu comprei num plano pós-pago a vários anos atrás. Bons tempos aqueles. Eu optei pela Oi por ser a mesma operadora da minha namorada, assim supostamente eu gastaria menos dinheiro com ligações.

Ingenuamente eu cai nas garras do Oi Conta. Agora imagine você pagar uma certa conta de um valor X e de repente em certos meses chegar uma conta de valores como 3X ou 4X. Aguenta coração.

O que acontece é muito simples. Se você quer comprar um celular, assinar um plano ou qualquer coisa para a operadora ganhar dinheiro, tudo é muito fácil. Você pode fazer isso pela internet, celular, telefone, televisão, microondas, telepati e o escambau, um verdadeiro cidadão do século XXI. Agora na hora de saber quanto realmente custam as tarifas, quanto você vai pagar no fim do mês, mudar para um plano mais vantajoso e principalmente cancelar sua conta, aí você tem que realizar o 13º trabalho de Hércules.

liberte suas mãos

Capítulo 2 – Algum Alívio

Meu melhor movimento até agora foi ter mudado do plano de conta para o plano Oi Controle, onde há um limite superior para o valor das contas. Consegui estancar parcialmente a sangria. Eu levava todo mês uma facada, mas pelo menos eu sabia de quanto ia ser.

Lá pelas tantas eu decidi que ia mudar de plano, talvez pegar um Oi Cartão ou até mudar de operadora. Foi aí que realmente começou minha epopéia homérica.

Capítulo 3 – O Pronome Possessivo

Engraçado eu falar Minha conta ou Meu celular. Quando eu comecei a ligar pra Oi teve inicio um processo de lavagem cerebral através de mensagens subliminares que tentaria me convencer que a conta era deles, o celular era deles.

A Oi com toda sua graça, majestade e infinita benevolência, estava me fazendo o favor de deixar usar um celular e meter a mão com gosto na minha carteira.

Capítulo 4 – Asterisco cento e quarenta e quatro

O que acontece é que existe uma fina arte e ciência de enrolar o consumidor. Primeiro você liga para o *144, e lá vem enrolação. Primeiro aquilo de disque 1 para isso, disque 2 para aquilo. Já repararam que há alguns caminhos que não te levam a nada? Por exemplo, você disca 1, disca 2, e aí a voz diz “Não há nenhuma opção aqui, disque zero para retornar o menu anterior”. Pørra! Pra que foram colocar uma opção que não te leva a nada?

Capítulo 5 – Os truques deles

Levou mais ou menos três meses para eu conseguir cancelar minha conta. As vezes ligando uma vez por semana, as vezes ligando todo dia. Nesse tempo eu fui ficando sabido, manjando os truques deles, eis aqui os mais comuns:

  • Te matar pelo cansaço: basicamente essa é a essência mor de todos os truques. Todos os truques dele visam de cansar, fazer você dizer “Ééééé … fazer o que né? É assim mesmo…”

Aguente firme

  • Não Entre em Pânico! Paulatinamente e de maneira disfarçada eles vão insultando sua inteligência. Você tem que ter nervos de aço, tem que estar zen, tem que estar de paz consigo próprio para chegar ao seu objetivo. Cancelar uma conta não é para fracos! Se você acha que não vai conseguir, desista agora! Se você quer seguir em frente, não perca a cabeça. Eu vi grandes homens se perderem no meio do caminho por não conseguirem manter a calma. Se você começar a xingar eles vão desligar e começa tudo do zero.
  • A quarta dimensão: Se você liga de manhã, você deveria ter ligado de tarde. Se você liga de tarde “burro!” era pra ter ligado de manhã. Fim de semana é errado era pra ter ligado na semana. Na semana nada se resolve, o certo é ligar no fim de semana. Qualquer dia o horário de atendimento é até as 8 da noite. Se você ligar 7 e meia, eles vão pedir para você aguarda meia hora para ser atendido e aí vão dizer que o horário de atendimento era só até 8 horas.

Deborah Bloch

  • Déborah Bloch: Sempre que a atendente falar “aguarde um momento senhor” é hora da Déborah Bloch entrar em ação. O papel dela é repetir um ladainha interminável para te confundir e tentar fazer você perder a orientação.
  • Silencio Fatal: Esse é um dos truques mais criativos (depois da Déborah Bloch). Elas dizem “aguarde um momento” e de repetente não se ouve mais nada. Caralhø que jogada de mestre. Depois de horas escutando zumbidos e sons estranhos, o silêncio repentino é algo que pode tirar alguém do sério. Nesse momento, aquente firme, isso pode levar uns 10 minutos, eles só estão te testando.
  • O gerundio! Nenhuma técnica é pior do que essa. Eles descobriram que se falarem tudo em gerúndio vão não só conseguir destruir lingua pátria mas também fazer com que você fique confuso e pare de pensar no seu problema.

- Sr. Silveira, nós vamos estar passando sua chamada para o setor responsável que vai estar solicitando o cancelamento da sua conta. Obrigado.
- O senhor deveria estar ligando num outro momento senhor.
- Por gentileza, o senhor poderia estar me passando o número do seu celular.

  • Desliganakarah: quando todas as técnicas sujas deles falham eles apelam para um truque ainda mais sujo, o desliganakarah! Eles fazem você esperar trinta minutos por uma resposta, e chum, simplesmente desligam na sua cara na maior cara de pau. Nessas horas lembre-se do que eu disse sobre manter a calma. Disque *144 e comece tudo do zero.

A cartilha deles é grande, esse vídeo aqui mostra algumas outras técnicas:

Capítulo 6 – Os meus truques

Para conseguir derrotar a o Oi e outras operadoras de telemarketing eu desenvolvi nesses últimos três meses minha própria técnica milenar: o telemarketing-fu.

Telemarketing fu

Qualquer um pode aprender o telemarketing-fu, basta ter nervos de aço, um coração de ouro, uma paciência infinita e uma inteligência descomunal. Enfim, qualquer um.

Na parte 5 desse tutorial eu já mostrei vários pontos fracos do atendimento de telemarketing. Agora sobraram apenas algumas dicas que ajudarão você a derrotar esse império do mal.

Isso fique confortável mas não desista

Mantenha-se confortável. Se você vai tentar derrotar um atendimento de telemarketing você tem que estar num ambiente próprio. Você precisa estar preferencialmente sozinho, vestido de pijama, salgadinho é bom, pipoquinha, viva-voz pode ajudar muito. Eu sempre dou boas dicas de filmes aqui, alugar um bom filme para ir assistindo durante o processo é uma boa pedida. Evite filmes de ação, terror ou suspense.

Tempo. Pegue um dia da semana, tipo quarta-feira, mate o trabalho, tire o dia pra ficar em casa. Comece a batalha logo pela manhã e não marque absolutamente nenhum compromisso para aquele dia, hoje é dia de batalha e uma grande batalha pode durar o dia inteiro.

Determinação. Esse é um ponto pouco comentado, se você for ligar pro *144 você tem que saber o que quer. Eu sabia que queria cancelar a conta. Eles vão te mostrar tantas vantagens em ficar com essa conta que eles podem te convencer até de matar sua mãe. Uma vez ele me passaram para falar com uma mulher que me deu um bom dia, mas um bom dia tão feliz, tão feliz, que eu quase chorei. Se eu passei por vários planos até chegar ao Oi cartão é porque eu não sabia bem o que queria e eles sempre conseguiram me convencer de alguma coisa.

Suas raízes estão no ar. Essa dica é fundamental e quase sempre funciona. Eles vão te fazer a seguinte pergunta: “Porque você quer cancelar a linha?”. Sua resposta vai determinar tudo. Se você responder que é porque tá caro, você vai perder mais dois meses pra deixar de ser besta. Essa não era a resposta certa. A resposta certa é eu estou saindo do pais amanhã para morar na Iugoslávia. Geralmente funciona na lata, mas eles ainda podem contra-atacar com um “Mas senhor, com nosso plano você poderá fazer ligações 3,1415% mais barato em dias primos do mês” ai você libera um “Não me interessa. Meus familiares no Brasil faleceram e eu nunca mais irei ligar para o Brasil”. Rá! Cheque mate. Se eu soubesse dessa sequência de golpes desde o inicio minha vida teria sido tão mais fácil.

Capítulo 7 – O fim da batalha

Agora eu sou faixa preta terceiro dan. Eu segui todos os passos do telemarketing-fu e finalmente hoje eu consegui cancelar minha conta na Oi. Na verdade, a ultima luta foi até muito fácil, levou só uns 20 minutos. Eles foram bem gentis e me conduziram direto para o cancelamento.

Consegui cancelar minha conta na oi

Tudo indica que eles leram aquele meu último post onde eu falei que atendente de telemarketing também sofre. Ou talvez eles tenham entendido que eu me mostrei digno dessa honraria.

Joia

Brasil! Brasil! Brasil! Eu tô tão feliz.

Aproveite e dê uma olhada nos preços dos celulares mais caros e os mais baratos do Brasil.

Buscapé.