Archive for September, 2007

Grande blogueiro é encontrado morto!

Em Brasília, 29 horas. Um grande blogueiro brasileiro acaba de ser encontrado morto em seu apartamento.

O Eu Podia Tá Matando cobriu o funeral e trouxemos várias fotos e informações em primeira mão.

Gorila ou gorilla. Grande blogueiro brasileiro foi encontrado morto
Leitores se reuniram e fizeram questão de carregar o corpo até o cemitério

A blogosfera ficou estarrecida. Posts pipocam a todo momento relembrando os grandes momentos do blogueiro. Vários blogueiros famosos e celebridades (de internet) seguiram para o funeral para prestar uma última homenagem ao velho amigo. Gustavo Gomes Orila, também chamado de G. Orila, mantinha o Blog do Orila.

Orila em foto pessoal com sua mulher Cristie
Orila abraçando sua mulher (agora a viúva) Cristie, modelo. Foto encontrada no fotolog da Cristie.

No velório que aconteceu agora a tarde, alguns blogueiros improvisaram um banquinho e violão para fazer uma última homenagem. Eles cantaram clássicos como Homem Primata dos Titãs e De Volta ao Planeta dos Macacos do Jota Quest, dentre vários outros clássicos.

Macaco cantando
Pedro, blogueiro e também cantor, não conteve a emoção

Vários profissionais são blogueiros nas horas vagas e alguns aproveitaram o horário de expediente para conferir a homenagem, por exemplo, alguns jornalistas que estavam lá para cobrir o enterro. O jornal Estadão divulgou uma breve nota lamentando a parda mas não enviou ninguém para o local.

Fotógrafos, um deles blogueiro
A esquerda Carla, Jornalista e, a direita, João, também jornalista mas que também tem um blog. Note a sutil diferença.

Maria, leitora frequente do blog do defunto, chora inconformada
Dona Maria, leitora do Blog do Orila, chora inconformada. Seus dois filhos, que também são blogueiros, tentam em vão consola-la.

No fim da tarde o amigo da família e probloguer Ricardo Arão chegou ao funeral. Após fazer uma rápida oração em frente ao caixão de Orila, Arão declarou aos jornalistas de queria manter a memória de Orila e que daria continuidade ao seu trabalho e legado. Ele sugeriu fazer um blog para colocar alguns textos antigos de Orila juntamente com alguns posts próprios dele. Ele sugeriu Blog do Defunto, uma óbvia brincadeira de humor negro talvez até um tanto precipitada.

Os ânimos se exaltaram. Alguns blogueiros não gostaram da brincadeira e alardearam que Arão estaria interessado apenas na monetizar um blog em cima da morte de Orila. Defensores e detratores de Arão começaram a brigar. Houve uma enorme confusão quando um blogueiro puxou uma arma.

Macaco segurando arma

Estranhamente o cemitério tinha Wi-Fi!

Os blogueiros briguentos puxaram seus notebooks e não perderam a oportunidade para blogar ao vivo direto de uma briga. Dedos nervosos twittavam nos celulares freneticamente. Dessa forma a briga acabou saindo do cemitério e passando para o maior flamewar que os comentários do Blog do Arão já viram. Trolls paranóicos haviam levantado suas próprias teorias para explicar a morte de Orila. A teoria mais popular e aceita pelo público era a de que o Google estava por trás da morte de Orila e também dos ataques ao WTC. Já haviam inclusive 2 vídeos no Youtube sobre o assunto. Arão ria à toa com todo tráfego que estava recebendo.

Essas teorias acabaram perdendo força quando alguém que snifava o tráfego da rede conseguiu invadir e roubar fotos do computador de Arão.

Nas fotos Arão e Cristie estavam juntos aparentemente trocando carícias. A teoria mais popular passou a ser a de que Arão e a gata Cristie tinham um caso secreto e que juntos haviam planejado matar Orila para ficar com a grana do AdSense.

Arão e a gata cristie se beijando
Arão e a gata Cristie se beijam. A prova da traição? Haviam os dois premeditado a morte de Orila?

Foi nesse momento que chegou a polícia (na confusão da arma, alguém havia chamado). Sargento Silva, também blogueiro, adorou todo aquele buzz e aproveitou as suspeitas para levar em cana Arão, a gata Cristie e o outro blogueiro que havia sacado a arma. Esses aí vão ver a blogosfera nascer quadrada e sem internet.

Blogueiro policial comenta a morte do grande blogueiro

Atualmente Sargento Silva tem o blog mais visitado do momento. Ele tem postado sobre como levantou as pistas e matou a charada.

[Atualizado em 3/Out/2007]: A primeira foto que ilustra esse texto é real e aconteceu no Parque Nacional de Virunga na República Democrática do Congo, no dia 22 de julho desse ano. No massacre aos gorilas das montanhas estimasse que 700 animais foram mortos, deixando uma lacuna que ameaça essa espécie. Mais informações aqui.

Vamos escrever um livro?

Um livro velho, cortesia do projeto openclipart
Imagem cortesia do projeto Open Clipart Art Library

Prefácio:

Isso era pra ser um post.

Mas aí eu comecei a escrever e vi que isso estava mais pra mais uma série de posts aquim no eupodiatamatando.com. Aí logo no primeiro parágrafo eu notei que ese assunto era mais que uma série, era na verdade um blog inteiro, ou melhor, um livro!

Mas ninguém lê livros.

Aliás, não são só livros, é raro eu achar alguém que leia qualquer coisa (não, Harry Potter, Senhor dos Anéis, Código Da Vinci, nada disso conta). Então eu vou misturar tudo para fazer um livro diferente. Vou escrever um livro (livro de mentirinha, não é livro de papel) e a cada capítulo eu faço um post. Além disso os leitores podem ir comentando, fazendo correções e sugestões nos comentários do post. No final juntamos tudo, fazemos uma capa e soltamos um PDF.

gato pirata
Imagem cortesia do projeto Open Clipart Art Library

Sim, um livro que se consegue fazer download. Como se fosse pirataria, só que é uma pirataria pirata, porque o autor deixou e te incentivou a fazer o download. Eu não sou escritor, não vou ficar rico nem vou viver de livros (não tenho nada contra quem vive ou ficou rico com livros). Isso me dá a liberdade para subverter certas regras. Posso fazer e distribuir um livro do jeito que eu quiser. E já que eu vivo num pais onde um livro custa o PIB de uma pequena república caribenha, eu quero fazer um livro que seja barato. Convenhamos, somos todos traficantes. Traficantes de livros. Temos que recorrer ao mercado cinza das xerox para termos informação em papel a um baixo custo. E o pior é que essa informação vem fatiada, aos pedaços – tira aí a xero do capítulo 2 ao 4, quanto dá?

Ops, eu falei sobre do que é o livro, sobre como vai ser feito mas nem falei sobre de que se trata o livro. Bem, é um livro sobre como melhorar o mundo. Guerras, revoltas e revoluções já foram travadas tentando melhorar o mundo mas o que pouca gente percebeu é que na verdade a coisa é bem mais fácil. Você primeiro melhora o que está perto de você. Para começar aquela pessoa simpática que está sempre te olhando no outro lado do espelho do banheiro. Se conseguir isso, missão cumprida, o mundo já está um pouquinho melhor. O que vier agora é lucro.

Eu também poderia escrever sobre como consertar o mundo, mas eu preferi falar sobre como melhorar o mundo porque:

  • Eu não sei como consertar o mundo.
  • Seu eu consertar o mundo eu nunca vou poder escrever uma continuação. Ou então eu vou ter que sair por aí esculhambando tudo pra depois escrever um livro sobre como concertar o mundo definitivamente.
  • Se eu melhorar o mundo em pelo menos uma certa constante e outros livros melhorarem o mundo também em uma outra certa constante, após uma série sucessiva de livros o mundo estará consertado. (Isso se ninguém atrapalhar e se o mundo puder ser consertado num número finito de melhorias)

Ainda não escolhi uma licença nem um nome pro livro. Estou aberto a sugestões.

Quanto a licença eu estou pensando na Creative Commons Share Alike, que permite remixagem do trabalho, distribuição, exibição, lucro, autoria e é uma licença viral (trabalhos derivados não podem ter uma licença mais restrita que essa). As imagens do livro também serão de licenças não menos restritas que essa.

Quanto ao nome do livre, eu estava pensando em Como Melhorar o Mundo em 10 Passos Fáceis. Esse 10 seria substituído pelo número de passos dados no livro. Esses passos são coisas bem simples e fáceis como não deixar o celular ligado dentro do cinema. O livro todo são um apanhado de coisas que me chateiam no mundo. Esse título é bem livro de auto-ajuda, o que é bom, vai confundir as pessoas. Livro de auto-ajuda vende pra burro. Trocadilho do carilho

Mas esse não é um livro de auto-ajuda. Seria mais um livro de auto-ajuda ao contrário. Ele não te ajuda em nada, mas vai deixar as pessoas ao seu redor contentes.

Os Piores Empregos do Mundo, parte 6

Infelizmente a série os Piores Empregos do Mundo não para de crescer. Isso só mostra que além da alta taxa de desemprego há também muitos empregos que não dão muito prazer.

Essa semana, assistente de treinamento com especialidade em levar paulada no bucho. Seria um treinamento na arte marcial milenar telemarketing-fu?

Piores empregos do mundo

Celular Nokia n95E que tal dar uma olhada nos preços de um celular Nokia N95? Pode até não ajudar em nada o rapaz da foto acima mas tem câmera de 5 megapixeis, bluetooth, mp3 etc. Já Cotei.

Tirinhas estrangeiras em português

Uma tradução de tirinha, para começar o dia.

Tempo é dinheiro
Tirinha original no speedbump

E falando em tradução de tirinhas, a Dora fez umas ótimas do traduções do Perry Bible Fellowship para português. Inclusive ela pediu permissão do Nicholas Gurewitch, que gostou da idéia. Uma amostra do excelente trabalho:

Perry Bible Fellowship em português, tetris

Perry Bible Fellowship em português, flores assistindo filminho

Perry Bible Fellowship em português, entrevista de emprego

Perry Bible Fellowship em português, trem suicídio

Perry Bible Fellowship em português, milho sol óculos

Perry Bible Fellowship em português, a reunião das baleias

Perry Bible Fellowship em português, urubus freiras

Perry Bible Fellowship em português, robô cyborg dancarino

Ops, acabei colocando todas as tirinhas que a Dora havia traduzido. Bem, se você quiser ajudar traduzindo mais algumas, as originais estão no pbfcomics.com.

Dicionário de inglês portuguêsAh! Aproveite e dê uma olhada nos preços de dicionários de todos os tipos e linguas para ajudar você nas traduções. Já Cotei.

Bush em …

Put a keep a real
(tem que ter um bom inglês para entender a piada)

sorriso

Guarda-chuva de patoAproveite para dar uma olhada nos preços de capas e guarda-chuvas, inclusive esse guarda-chuva aí do lado com cara de pato. Já Cotei.