Esses dias eu li um artigo no blog ÓticaÓtica que fala do uso abusivo do AdSense e outras formas de monetização nos blogs, onde há uma citação para o Eu Podia Tá Matando.

Bebê cheio de anuncios

Daí pode surgir a pergunta: Por que há propagandas aqui? A resposta mais óbvia, completa e correta seria simplesmente por que dá dinheiro.

Vale sempre lembrar que para o blog está aqui todo dia, para eu escrever e você ler e comentar, custa dinheiro. É um serviço no exterior que eu tenho que pagar.

Mas não é assim tão simples. Prova disso é que há vários tipos de anúncios e conteúdos que dão dinheiro e nem por isso eles estão aqui. Então podemos concluir que eu há tipos de conteúdo que eu concordo e outros que não, certos tipos de anuncio são um deles. Esse post aqui é para explicar um pouco tudo isso.

É coisa normal. Começo da noite, eu e minha namorada, vontade de jantar alguma coisa boa e rápida aqui em casa mesmo e não tem nada de bom na geladeira. Certo dia deu vontade de comer yakisoba (talvez no seu estado seja uma comida comum e fácil de achar, mas não é aqui). Então lá estávamos nós, eu, minha namorada, o dinheiro e a vontade de comer, éramos as pessoas certas na hora certa. Acontece que nós não conhecíamos nenhum lugar onde tivesse yakisoba aqui perto. Então pegamos a lista telefônica e saímos procurando, até achamos alguns lugares mas ou eram longe demais, caros demais, não entregavam em casa ou tudo isso junto. O fato é que naquela triste noite ficamos sem yakisoba (acho que comemos pizza).

Yakisoba?
O mais próximo que eu consegui de um gato comendo yakisoba

Uma publicidade saudável poderia ter resolvido esse problema. Juntaria as duas ponta, quem quer comprar com quem quer vender, levar o yakisoba aos casais famintos.

Claro que existe também aquele tipo de publicidade não tão saudável. Por exemplo aquelas que visam criar desejos de consumo e não somente suprir as necessidades de consumo. Tem também as publicidades que induzem ao clique acidental, ao dizem ser uma coisa e são outra. Eu até confesso que o AdSense (o principal espaço publicitário aqui) não está livre desse tipo de anuncio, mas é contra a política deles e por enquanto isso tem funcionado bem. Há outros tipos de sistemas de anuncio como com popouts, banners flutuantes, links falsos e toda sorte de chateação. Esses tipos de anuncios não entram aqui nem a pau.

Acho que meu único desentendimento com o AdSense foi uma época que eles estavam colocando um anuncio que tocava uma música chata, um absurdo total, mas que já acabou.

Os anuncios do AdSense aqui no blog estão nesses lugares:

Como posicionar anuncios no Eu Podia Tá Matando

posicionamento de anuncios no EPTM

Eu pessoalmente gosto muito do formato do AdSense, formato e contextualidade. Ano que vem eu devo colocar algum anuncio do próprio EPTM no AdSense.

Os outros formatos de anúncios utilizados aqui são os do Buscapé e Já Cotei que ficam sempre no final dos posts. Cada anuncio é feito manualmente por mim, portanto eles ficam bem contextualizados se integrando e interagindo com o post e com os leitores.

Ainda exista uma outra forma de anuncio que ainda não apareceu aqui, são os posts patrocinados.  Algum vendedor de um produto ou serviço me paga para eu escrever um post sobre algo que seja do interesse dele.

Além de tudo isso que eu já disse, do lucro, dos custos, da utilidade pública há um quarto motivo para o blog ter anunciantes. Se nenhum dinheiro entrasse todo mundo ia me encher o saco (e já enchem o suficiente) falando: – Que coisa sem futuro esse blog nhé nhé nhé fica aí perdendo tempo nhé nhé nhé. Pelo menos eu posso dizer que eu ganho dinheiro com isso. Se tem uma coisa que gente burra respeita é dinheiro.

burroAproveite que tá barato. Dê uma olhada os melhores preços de burros para seu natal. Dá pra usar no seu presépio. Já Cotei.