Archive for October, 2008

E aí? Beleza?

Abaixa a Ditadura?


Foto de Johab Silva

Você abre o jornal e tá lá:

No primeiro dia da 28ª Bienal de São Paulo, um grupo de cerca de 40 pichadores invadiu na noite de domingo (26) o pavilhão no Parque do Ibirapuera, na Zona Sul de São Paulo, e pichou parte de seu segundo andar – que, nesta edição, está propositalmente vazio. Eles picharam as paredes com as frases: “Isso que é arte”, “Abaixa a ditadura”, “Fora Serra” (sic). Além dos nomes das gangues, como eles mesmos se denominam, “Susto”, “4” e “Secretos”.

Mais adiante:

“Entramos pela porta. Normal. Conseguimos”, disse a menina detida que não quis se identificar. “É o protesto da arte secreta.”

Vamos pensar nas opções.

Opção A) Está certo! Na verdade, o original era assim:

Opção B) Em uma linguagem secreta-cifrada-illuminati-só-para-iniciados, é isso mesmo.


Foto retirada do trombonedesign.com.

Mas porque os pichadores picham pra todo mundo ver um texto em uma linguagem secreta-cifrada-illuminati-só-para-iniciados se ninguém vai entender mesmo? Porque vai ver essa é a graça de uma linguagem secreta-cifrada-illuminati-só-para-iniciados.

Opção C) Toda arte de vanguarda chocou sua geração.

A minha definição de arte é bem abrangente, abarca até isso aí. Por outro lado, o choque de um artefato artístico causado no espectador por si só não faz dele uma obra de arte de vanguarda.

Por exemplo.


Um anão aleijado da Ku Klux Kan.

A porra de um anão, ainda por cima aleijado e da Ku Klux Kan.

kkkkk!

Isso pode chocar algumas pessoas, e daí?

Opção D) Foi tudo planejado. Marketing viral. Você screve errado pra gerar buzz.

Opção E) Abaixa o volume, afasta aí. Foi um typo. Burrice ou descuido mesmo.

Bônus Melhor pichação de todos os tempos.

Abaixa o pau você também. Compre aí umas latinhas de spray.

Eles não me obdecem

Hoje eu acordei de um pesadelo. Umas quatro da manhã.

Será que foi alguma coisa que eu comi antes de dormir? Dizem que dá pesadelo comer muito antes de dormir. Mas também pode ter sido porque eu levei altos sustos assistindo Cloverfield sozinho na cama antes de dormir. É, talvez tenha sido isso.

Mas pensando bem, a um tempo algo atormenta minha mente. Não é que eu não esteja em dia com minhas obrigações cívicas, longe disso, mas eu tenho certeza que tudo isso é culpa daqueles comerciais do TSE. Se no Leonardo eles causaram risadas, em mim eles causam arrepios.

Maldito Washington Oliveto.

Thriller a capella

François Macré gravou o clássico Thriller (aqui o original) em a capella, todas as vozes e sons por ele mesmo, em 64 canais!

Via monkeyreview.co.uk.

Michael, o que você tem a dizer sobre isso?

E não deixe de conferir o não menos clássico Golimar-mar-mar-mar!

Dê uma olhada em fantasias de zumbi, Peter Pan, Golimar e várias outras ótimas para o dia das bruxas.

Excesso de passageiros

Sabe aqueles carros de circo onde eles tentam colocar o maior número de passageiros dentro?

Via failblog.org.

Vai ver eles estavam fugindo de uma blitz para escapar de uma multa por excesso de passageiros.

Quantos você contou?