manero

This user hasn't shared any biographical information


Posts by manero

Banda Enverso

Eu estudei num certo colégio de Fortaleza a minha vida inteira. E lá eu conheci muita gente que sumiu do mapa, como também conheci alguns futuros rockstars. Brincadeiras a parte, o pessoal com quem eu andava naquela época era meio folgado, passava o dia tocando violão em casa (eu inclusive) hehehe… Tinha até um pessoal talentoso, mas sabe como é… talento sem garra e ambição já deixou muita gente frustrada.

Não o pessoal da Enverso.

Eu conheci a maioria deles quando eu fazia a oitava série, ou logo após disso. Daí apareceu a antiga banda “No Way” (é o novo! um nomezinho que eu sempre achei cliché pra carai, mas eu ficava de bico fechado pra não chatear a turma :) hehehe), e o pessoal já tava tirando um som. E ao contrário do manero aqui, eles não pararam. Investiram, acreditaram, meteram as cara (sic) e tão aí, com CD, clipe e tudo mais.

Enverso – Meu Lugar

Agora a coisa que eu mais admiro nesses caras (que ainda são meus amigos e eu assim quero que continue) é eles investem no som deles. Eu sempre fiquei impressionado de sair numa sexta ou sábado a noite e ver sempre todas as bandas tocando as mesmas músicas, os “sucessos” do rádio. Enche o saco, viu. Bandinha de cover não vai pra frente, não. Se tu tens uma banda, componha. Se você não fizer sucesso nem ficar milionário, no fim das contas você ainda vai ter sua arte, e isso ninguém vai conseguir tirar de você (é a dica do dia :) ).

Mais Enverso:

Strong Machine 2.

Mais um pra série “tenho medo”: tenho medo da Strong Machine 2.

Strong Machine 2 é o nome que Mao Murakami usa quando se apresenta. Ela é filha de (adivinhem) Strong Machine, e eles moram num templo budista no Japão, onde ele é um monge. De vez em quando eles fazem apresentações de dança, e desnecessário dizer que ela é o centro das atenções. Veja o motivo:

Dá uma olhada também nessa outra versão do clipe, é SM2 do começo ao fim.

Mais vídeos da Strong Machine 2 dançando: aqui e aqui. Também tem um vídeo mostrando Strong Machine 1 & 2 juntos.

*medo*.

Cada panfleto bonito que a gente recebe aqui em Fortaleza…

Esse post não precisa nem de texto.

 Cartório chique

cartorio.jpgNão case como pobre, mas não deixe de economizar na hora de escolher um cartório. Bushcapé.

Extra! Brasil sob a iminência de uma DITADURA GAY!

Vinacc outdoor antigay anti-gay anti gay outdor

Diretamente da Paraíba (paraíba masculina mulhé maxu sim sinhô), o pastor Euder Faber, presidente da “Visão da Nova Consciência Cristã” (Vinacc) avisa:

“Nosso direitos estão ameaçados por causa desse projeto. Se ele for aprovado, vai haver uma ditadura gay no Brasil que vai atingir todo e qualquer cidadão que se opõe ao pensamento homossexual.”

O tal referido projeto é o Projeto de Lei 122/2006, que define como crime a prática da homofobia no Brasil, equiparando-a com o racismo. Na Paraíba, o pessoal do Vinacc comprou espaço em outdoors pra fazer uma campanha contra o projeto. A justificativa deles é que caso o projeto seja aprovado “vai subtrair garantias contidas na Constituição Federal, transformando nosso País numa espécie de “ditadura gay”, onde será proibido qualquer tipo de crítica a orientação homossexual.

Trechinho do site do VinaccImpressionante, o site do pessoal do Vinacc só fala (mal) desse assunto, homossexualidade. E o resto da filosofia de vocês hein? Cadê? Entrei no site de vocês pra conhecer a tal da “Visão da Nova Consciência Cristã” e só vi a frase “homossexualidade é pecado” escrita de umas 14 maneiras diferentes.

Ora, francamente meus queridos. Crítica à orientação sexual não pode ser proibida, é um direito garantido pela Constituição na forma da liberdade em expressar-se. Eu posso lamentar imensamente o fato de você ser homossexual (ou heterossexual, não vem ao caso), o que eu não posso é te discriminar pela sua preferência sexual, seja qual for. O pessoal desse Vinacc tá confundindo “direito de criticar” com discriminação.

Mas não vá dizer isso pra eles, você corre o risco de ser taxado de simpatizante da comunidade gay e exorcisado on-the-fly.

Leia mais aqui, aqui e aqui.

Em tempo: eu lembrei de um episódio que eu testemunhei. Em frente ao Tate Center, na UGA, um casal de pastores de alguma Igreja evangélica batista do sul dos Estados Unidos pregava veementemente contra o homossexualismo. Diziam que a Aids era o instrumento de Deus contra essa libertinagem e outras atrocidades. Um dos transeuntes que passava não gostou da pregação e gritou um rotundo “FUCK YOU, BIGGOT”, e foi aplaudido pelos demais. Uma semana antes, mais ou menos, havia ocorrido no mesmo Tate Center um “dia da consciência gay”, onde gays e simpatizantes se reuniram, em solidariedade aos colegas menos resolvidos (não assumidos) e trocaram relatos de experiências, etc. Liberdade de expressão é isso aí.

Grandes Sacadas

Hoje eu lembrei de um ditado.

Tava almoçando com os queridos Wesdreyis Beleza, Simon e Sellaro. Nós estávamos falando sobre várias amenidades e outros assuntos pouco relevantes. Depois de algum tempo o papo ficou mais sério, eu expressei minha vontade de virar pulissa, etc. Quando comentamos sobre injustiças que acontecem no cotidiano, lembrei de uma frase do grande filósofo, economista e revolucionário Karl Marx, que sempre dizia:

Karl Marx

CapitalCompare preços de grandes obras do Karl Marx, aproveite e leve uma rapadura pra adoçar a leitura. Buscapé.
Esse post é o mais próximo do comunismo que eu já cheguei na minha vida. Credo. Vou tomar um banho.