Posts tagged Ashte

Perfume: a história de um assassino

Eu estou de férias (mais ou menos) e agora eu vou poder assistir alguns filmes e livros que eu estava afim e voltar a conceder o tradicional veredito schnauzer Schnauzer.

Poster de Perfume a história de um assassino

Perfume: A História de um Assassino. (Perfume: The Story of a Murderer). O filme é baseado no livro alemão Das Parfum, die Geschichte eines Mörders (O perfume, história de um assassino), do escritor Patrick Süskind e lançado em 1985.

A história é protagonizada pelo jovem francês Jean-Baptiste Grenouille que possui um olfato extraordinário, podia não só sentir odores como ninguém mas também lembrar-se de todos eles.

Como a língua falada não consegue transmitir todas as sensações e sentimentos de Jean ele é vai ficando cada vez mais isolado. Sozinho, Jean fica obcecado em possuir em sua memória todos os cheiros do mundo, a qualquer preço.

O livro já foi considerado impossível de ser transformado em filme por Stanley Kubrick e Martin Scorsese! Mas o diretor alemão Tom Tykwer foi capaz da proeza.

Cena do filme Perfume, de Tom Tywer.

O filme se passa na França do século 18. Uma França fétida e pútrida, cheia de corrupção, mortes e fome. Em contraste, os perfumes são utilizados pela nobreza, cercada de beleza e luxos. Para ilustrar tudo isso o filme conta com um figurino incrível e cenários incríveis.

Perfume Cena 4

Somado a isso o filme conta com uma fotografia e montagem muito interessantes. Uma mescla de diversos estilos, o resultado é muito bom.

Cena do filme Perfume, de Tom Tywer.

É um um filme alemão, filmado na frança e falado em inglês. Perdeu um Schnauzer por isso. Era pra ser falado em francês ou alemão.

4 Schnauzers

Total 4 de 5 Schnauzers. Um filme que certamente eu recomendo.

Perfume Quer ver uma coisa cara? Olha só alguns dos perfumes mais caros do Brasil! Buscapé.

Kings of Leon – King of the Rodeo

Hum… não sei. É meio bizarro eu gostar de uma banda logo de cara, mas eu escutei essa música aí outro dia e fiquei com ela na cabeça. Gostei, não vou mentir.

Aí eu fui ler sobre a banda. Sejam os integrantes:

  • Caleb Followill (Anthony Caleb Followill, 1982, Memphis, Tennessee) — guitarra/vocal
  • Jared Followill (Michael Jared Followill, 1986,Memphis, Tennessee) — baixo
  • Nathan Followill (Ivan Nathaniel Followill, 1979 Oklahoma City, Oklahoma) — bateria
  • Matthew Followill (born Cameron Matthew Followill, 10 September 1984, in Oklahoma City, Oklahoma) — guitarra

É. Assim fica fácil, 3 irmãos e um primo (o Matthew), dá pra fazer uma banda.

Dica do dia: tenha 3 filhos.

Banda Enverso

Eu estudei num certo colégio de Fortaleza a minha vida inteira. E lá eu conheci muita gente que sumiu do mapa, como também conheci alguns futuros rockstars. Brincadeiras a parte, o pessoal com quem eu andava naquela época era meio folgado, passava o dia tocando violão em casa (eu inclusive) hehehe… Tinha até um pessoal talentoso, mas sabe como é… talento sem garra e ambição já deixou muita gente frustrada.

Não o pessoal da Enverso.

Eu conheci a maioria deles quando eu fazia a oitava série, ou logo após disso. Daí apareceu a antiga banda “No Way” (é o novo! um nomezinho que eu sempre achei cliché pra carai, mas eu ficava de bico fechado pra não chatear a turma :) hehehe), e o pessoal já tava tirando um som. E ao contrário do manero aqui, eles não pararam. Investiram, acreditaram, meteram as cara (sic) e tão aí, com CD, clipe e tudo mais.

Enverso – Meu Lugar

Agora a coisa que eu mais admiro nesses caras (que ainda são meus amigos e eu assim quero que continue) é eles investem no som deles. Eu sempre fiquei impressionado de sair numa sexta ou sábado a noite e ver sempre todas as bandas tocando as mesmas músicas, os “sucessos” do rádio. Enche o saco, viu. Bandinha de cover não vai pra frente, não. Se tu tens uma banda, componha. Se você não fizer sucesso nem ficar milionário, no fim das contas você ainda vai ter sua arte, e isso ninguém vai conseguir tirar de você (é a dica do dia :) ).

Mais Enverso:

Strong Machine 2.

Mais um pra série “tenho medo”: tenho medo da Strong Machine 2.

Strong Machine 2 é o nome que Mao Murakami usa quando se apresenta. Ela é filha de (adivinhem) Strong Machine, e eles moram num templo budista no Japão, onde ele é um monge. De vez em quando eles fazem apresentações de dança, e desnecessário dizer que ela é o centro das atenções. Veja o motivo:

Dá uma olhada também nessa outra versão do clipe, é SM2 do começo ao fim.

Mais vídeos da Strong Machine 2 dançando: aqui e aqui. Também tem um vídeo mostrando Strong Machine 1 & 2 juntos.

*medo*.

Eu vou é criar gado!

Tirinha nova, e já fazia tempo desde a última.

Eis:

-Roubar meus amigos, é uma arte. Negue, negue até a morte! Mas principalmente … tenha muito gado!

Não pegou? Muuuuuu! Dê uma olhada na Folha, Estadão ou O Globo.


E como agora é lei pra mim, tirinha nova é “código-fonte” novo também: tá aqui.

Vaquinha de pelúciaMuuuuuu!
Dê uma olhada nos bichinhos de pelúcia, tem até vaca de pelúcia. Buscapé.