Posts tagged campus party

Quinto Dia no Campus Party

Hoje foi o grande dia dos inesperados e ao mesmo tempo tradicionais flash mobs aqui no Campus Party Brasil, por mais paradoxal que isso possa soar.

Ninguém sabe ao certo de onde os flash mobs surgem ou qual e quão louco será o próximo. Enquanto alguns acreditam que eles sejam uma conseqüência direta da combinação perigosa entre o confinamento e a visita repentina das coelhinhas da Playboy ao evento outros já acham que foi uma loucura generalizada pela venda de Red Bull a 1 real pelo Pagseguro (mas somente se você pagasse dentro do sistema deles).

Campus Party Brasil

Também foi o dia do debate sobre o projeto de lei de cibercrimes do senador Azeredo com a presença do Sérgio Amadeu, Ronaldo Lemos e com um representante do senador já que o próprio senador Eduardo Azeredo optou por não comparecer.

Campus Party Brasil

Também crescem as notícias de roubos dentro do evento. Apesar de muitos seguranças e dos postos de checagem de equipamento com identificação, há muitas brechas que estão sendo exploradas por criminosos dentro do evento. Chegam notícias de notebooks roubados das bancadas (principalmente os pequenos e os sem cadeados) e poses furtadas de dentro de barracas (mesmo de barracas trancadas). Quebra-se o encanto da segurança do evento. Já vejo com nostalgia aqueles tempos de Campus Party moleque, Campus Party arte…

E eu, mais uma noite virada. º_º

Segundo Dia de Campus Party

Campus Party TirinhaTalvez só entenda quem esteve no Campus Party. Piada interna. ¬¬

Com horários de sono completamente virados aos avessos eu termino meu segundo dia vivendo dentro do Campus Party.

Depois de algumas palestras, shows de música e oficinas, você acaba concluindo que a riqueza do evento está mesmo nas conversas e pessoas que você conhece por aqui. E não são pessoas que você conheceria em qualquer lugar nem são papos que você teria com qualquer pessoa.

segundo dia
Alguns dos meus novos amigos.

Foi numa dessas conversas que eu resolvi mudar um pouco o foco das minhas atenções nesta edição do evento. Não é uma mudança muito drástica, vou focar menos no Software Livre e mais na Robótica Livre. Fui apresentado a um projeto muitíssimo interessante chamado The Open Robot Project. Eles estão criando um robô, todo com software livres até sábado.

pufeTenha agora seu próprio pufe.

Campus Party 2009

campus_party_20091

Meus caros, ainda hoje rumo a São Paulo para morar uma semana no Campus Party Brasil 2009.

Você pode acompanhar ao vivo o que está acontecendo nesse grande nerdstock através do live stream do Blogblogs. Para quem está lá, terça-feira eu vou dar uma oficina de JavaFX as 8 horas.

Nos vemos por lá.

Sem CNPJ e Sacos Plásticos

Não é mais preciso CNPJ para .com.br

Você deve está aí pensando – um blog não serve pra nada. Provavelmente você está certo mas aqui e ali há exceções. Talvez não dê para mudar o mundo mas dá para influenciar algumas opiniões, fazer amigos e ganhar alguns trocados.

Várias pessoas me enviaram a notícia. Agora já não é mais exigido um CNPJ para registrar um domínio ponto-com-ponto-br.

E o kiko? – você se pergunta – kiko-tenho a ver com isso?

Para quem lê o blog a mais tempo lembra-se que esse foi um motivo de uma saudável discussão no Campus Party sobre praticidade versus semântica no registro de domínios no Brasil. A discussão saltou do nerdstock do Ibirapuera e veio parar aqui, nos comentários daquele post, contando inclusive com a presença do Demi Getschko, que com toda simplicidade dialogou com a comunidade. Eu gosto de acreditar que toda essa troca de idéias tenha colaborado com o processo. Muito obrigado ao Demi, ao registro.br e ao Cgi.br.

Bebe japonês dentro de um saco plástico

Mudando de assunto, ano passado eu declarei meu ódio aos sacos plásticos e engrossei o coro dos descontentes com a exacerbação plástica nos supermercados.


Imagem retirada do blog Conexão Ambiental.

Hoje, só para citar um exemplo, a rede Pão de Açucar já dispõe de uma alternativa sustentável às sacolas plásticas. São sacolas retornáveis que você pode comprar dentro do próprio super-mercado e além de estar evitando o uso muitas vezes desnecessário e impactante de uma sacola plástica ainda está ajudando a SOS Mata Atlântica (ou pelo menos eu acho que tá).

E não é só o Pão de Açucar. Hoje é difícil eu entrar em um super mercado que não ofereça uma solução similar. Quem não está oferecendo está perdendo dinheiro. Sim, porque soluções como essas além de ecologicamente sustentáveis também são economicamente viáveis. É uma solução ainda melhor do que proibir ou multar pelo uso de sacolas plásticas. Quem acha isso uma tremenda perda de tempo e dinheiro, não usa e pronto. Quem acha isso importante, usa uma sacolinha retornável e sai de sentindo o próprio capitão planeta – vai Planeta!

Quem sabe um dia veremos a abolição dos saches de catchup. ;)

Mais Campus Party Brasil 2008

Eu Podia tá Matando no Campus Party

Depois de uma semana morando no Ibirapuera, finalmente estou em casa. Esse post é uma avaliação final do evento.

Rampa

Banda: a banda de 5 gigas é absurdamente ótima. Infelizmente eu não tirei muito proveito. Em 15 minutos eu já havia baixado tudo que eu queria e não tinha mais idéia do que baixar. Além de que, eu tinha mais o que fazer. Se você realmente quer aproveitar a banda de um evento como esses eu sugiro fazer um planejamento antes, escolher vários torrents e trazer um disco rígido bem grande e vazio.

Eu usei mais a banda para subir imagens para o Flickr. E pelas estatísticas do evento, a maioria das pessoas também usaram a banda disponível para subir fotos e vídeos.

Street Fight

Já que a largura de banda disponível está sendo bem aproveitada poderíamos aproveitar melhor a conectividade disponível. Baixar e subir arquivos no evento foi fácil e rápido mas descobrir conteúdo interessante e trocar arquivos com quem está do seu lado não.

Eu tirando uma foto

Palestras: eu peguei algumas ótimas palestras sobre Software Livre e Blogs. Eu destaco as do Alexandre Oliva, a do John Maddog Hall e a do Demi Getschko. O que eu senti falta foi de mais debates e mais participação. O Barcamp talvez servisse pra isso mas ainda não funcionou tão bem.

Modding

Free stuff: o Campus Party foi o paraíso para quem curte free stuff, brindes e coisinhas de graça. Chegou um ponto que eu estava recusando porque eu não queria deixar minha bagagem mais pesada.

Barracas

Barracas: não foi legal. Não cabem duas pessoas legal dentro da barraca e estava muito, muito quente. Além disso eu só havia levado roupas para frio e fez muito calor naqueles dias. Outra coisa que não foi legal foram as regras sobre quem podiam levar as barracas, que mudaram na última hora.

pintando o cabelo

Pessoas: as pessoas lá são a grande atração do evento. Fiz muitos contatos importantes, troquei idéias e aprendi um bocado. É legal você ver esse tipo de encontro de comunidades da Internet. No decorrer do ano cada comunidade tem seu próprio calendário e no Campus Party todas as comunidades podem se encontrar e trocar informações. Por exemplo, muita gente veio de todas as áreas até a área de Software Livre pra tirar dúvidas ou para conhecer mais. Nas palestras sobre Java que nós fizemos na madrugada havia gente da robótica, por exemplo.

Eu tirando uma foto

Um grande abraço a todo mundo que estava lá e a todos que me cumprimentaram lá! Até o Campus Party 2009!

obs: eu estou com uma conta presente do Flickr que eu não usei. Será que tem problema dar pra algum leitor aqui do blog? Se não tiver, vamos pensar em alguma forma de sorteio.