Posts tagged programação

Java vs Ruby?

Quantos livros você precisa ler para fazer um site dinâmico?

Java Books vs Ruby Books
Java à esquerda e à direita os de Ruby. Foto retirada do Flickr.

Independente da linguagem que você use, é importante você perceber a importância de se usar um framework para desenvolvimento web. Eu recomendo que você olhe com carinho para o Django (Python) e para o Ruby on Rails.

capa do livro java how to program deitelPrepare seu bolso, gaste uma fortuna com livros de Java ou alguma grana com livros de Ruby e Rails.

Buscapé.

Geany, editor de código-fonte

Para quem quer algo a mais que o Kate do KDE ou o Gedit do Gnome mas quer algo menos que um KDeveloper ou Anjuta?

Tenho usado esse editor por recomendação do gnutopia.net:

Geany screenshot
Geany em ação!

Geany é um editor de texto leves, que tem suporte para highlight em trocentas linguagens de programação, auto completação de código e é super rápido.

Muito bonzinho.

Bicicleta acessórios para bicicleta dicas de bicicleta bike Quer velocidade? Dê uma olhada nos menores preços de acessórios para bicicletas. rá! :p
Buscapé

A folha de pesca do Django

O pessoal da mercurytide.com fez essa folha-resumo para Django.

Folha de pesca do django django sheet django cheat django shortcuts django atalhos

Está disponível em PDF ou em PNG de alta resolução. Dê uma olhada.

I love djangoVocê imprime isso numa folha A4 e você tem em mãos um pequeno guia para referência rápida dos modelos, tags e filtros do Django.

 Django é um framework para desenvolvimento rápido de aplicações web. É um framework que está crescendo e sendo muito adotado. Eu estou utilizando ele para um projeto da faculdade.

Livros Python Comece agora! Dê uma olhada nos livros de programação em Python pelos menores preços. Buscapé.

Eu sou um cara javascript?

O Esdras me mandou a enquete que linguagem de programação você é.

You are javascript

Segunda ela eu sou Javascript.  Apesar da descrição do site, eu não me sinto ofendido. Programo pouco em JavaScript, mas já vi muita coisa interessante, bastante flexível. Muita coisa do JavaScript eu vejo no Python.

As outras respostas seriam:

microsoft aspAssemblyBasicBinary BinárioCC#CobolC++ C mais mais C plus plusFortranJavaLispModula2 Modula-2PearlPHPPrologPythonRubySmallTalkVisual Basic

Dariam uns bons adesivos. Gostei da definição do (meu amado) C, mas na minha versão seria: “Você é C. Você gosta de fazer malabarismo com facas”.

Para as linguagens funcionais, o que eu digo é:

Com linguagens funcionais você pensa mais para escrever o programa do que o programa vai pensar para resolver o problema.

E você? Comente que linguagem você é depois de fazer a enquete.

Livros de JavaScript downloadTorna-te quem tu és. Dê uma olhada nos menores preços de livros de JavaScript. Buscapé.

Persistência em Python, criando uma agenda simples

Prateleira ShelvePersistência, em programação, é guarda alguma informação para você pegar depois.

A solução mais comum para persistência de dados são os bancos de dados, que podem resolver esse problema de uma maneira sofisticada e eficiente.

Por outro lado, para usar um banco de dados você vai precisar:

  • Instalar um banco de dados
  • Aprender a linguagem de consulta do banco de dados, geralmente SQL.
  • Fazer a ligação do banco de dados com a linguagem que você está usando.

Tudo isso é chato e complicado, ainda mais se você quer fazer algo bem simples onde o desempenho não é um fator crítico. Você também poderia guardar suas informações num arquivo mas você teria que tratar vários aspectos de baixo nível.

Python tem algumas maneiras simples e fáceis de tratar persistência. Uma delas é o Shelve, que é um módulo padrão do Python.

Para brincar com ele abra seu terminal python digitando python no seu console:

>>> import shelve
>>> arq = shelve.open(‘asdf’)
>>> arq['site'] = ‘http://www.python.org’
>>> arq['pi'] = 3.1415
>>> arq['fibo'] = [0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34]
>>> print arq['pi']
3.1415
>>> print arq['fibo']
[0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34]
>>> del arq['site']

import shelve vai importa o módulo shelve. arq vai receber o arquivo asdf, que se não existir vai ser criado. Depois disso você pode usar arq como um dicionário comum, indexado por uma string chave. Para deletar alguem do arquivo simplesmente dê um del arq[chave].

Experimente fechar seu console e olhar como ficou o diretório onde você executou o terminal Python:

Gnome: olhando como ficou o diretório

Um arquivo asdf foi criado. Você não precisa se preocupar como esses dados estão guardados dentro desse arquivo, o shelve vai cuidar disso para você.

Agora se você abrir novamente o console dentro desse diretório:

>>> import shelve
>>> arq = shelve.open(‘asdf’)
>>> for chave in arq:
… print chave, arq[chave]

fibo [0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34]
pi 3.1415

Tadã! Seus dados de volta.

Fica bem mais fácil fazer programas com persistência agora não é?

Livros Python Vá mais longe! Livros de Como Programar em Python pelos menores preços.

Buscapé.

More >