Posts tagged Tech

SQLite, Resolvendo Problemas Simples com um Banco Simples

Porque levantar um pesado sistema de banco de dados, criar databases, criar tabelas, configurar permissões acessos, configurar usuários, setar portas, rodar daemons só para resolver um problema simples de armazenamento?

O SQLite é um banquinho leve e simples para resolver de maneira simples problemas que realmente são simples.

More >

Mais skins para o iGoogle

Já faz algum tempo que eu tenho usado o iGoogle como uma espécie de Desktop.

Meu igoogle
Meu iGoogle com tema do Mário. Que Mário?

O iGoogle é uma página personalizada do Google onde você pode usar vários gadgets como feeds, gtalk, del.icio.us, calculadoras, tradutores etc. Você pode arrastar e solvar os gadgets para posicionalos onde você quiser.

Você pode até ler o eupodiatamatando.com de lá, basta clicar aqui.

Achei no blog Mundo Virtual Mundo Real a extensão Custom iGoogle permite que você possa usar skins adicionais para seu iGoogle. Ele já vem com vários temas mas você também pode criar e públicar seus próprios skins usando a ferramenta.

igoogle steam punk skin
Tema steam punk, o chato é que tem uns gifs animados…

meu igoogle com tema hello kity
Tema para a sua irmã, ou você, sei lá

Se você já usa o iGoogle vale a pena usar esse gadget, se você ainda não usa o iGoogle vale a pena experimentar.

Hello KittyAproveite e dê uma olhada nos preços de bonecas da Hello Kitty ou bonecos do Mario.

Buscapé.

Como Deixar o Leitor Mais Tempo no Blog

É muito comum para quem tem um blog se importar muito com a número de visitantes únicos ou exibições de páginas por dia.

Gato com a cabeça de lado
- Aaah! Então é assim.

Esses números são muito importantes já que quase todas as outras estatísticas do seu blog são diretamente ou inversamente proporcionais as visitas.

Eu vou mostrar aqui algumas métricas e técnicas para melhorar a qualidade das visitas.

Nós já temos uma boa quantidade de posts nesse blog, algo perto de 400, mas nem todo mundo conhece todos os posts. Muitos posts antigos são muito bons mas tem pouca leitura já que todos, obviamente, acessam mais os posts mais novos.

Para melhorar isso, estou tentando aumentar o tempo que o leitor passa dentro do blog e o número de páginas que ele vê. Melhorar a qualidade das visitas. Serão três métricas utilizadas, medidas pelo Google Analytics.

1º – Tempo Médio. O média do tempo que os leitores gastam dentro do blog. Claro que esse número é um tanto falso já que é normal navegarmos com múltiplas abas ou janelas abertas por um longo tempo. Mas é um número que vai crescer proporcionalmente à popularidade do seu blog. A nossa média atual hoje é de 07:45 mas se eu considerar só as últimas semanas a média é de 08 minutos.

Duração das visitas medida pelo Google Analytics
A maioria das pessoas ou são analfabetas ou sabem leitura dinâmica. No que você aposta?

2º – Duração das Visitas. Reflete melhor o comportamento do usuário. Dá para notar que a maioria das visitas duram menos que 10 segundos. Eu acredito que esse seja o tempo pra pessoa olhar o título de cada post em cartaz e dar uma olhadinha nas imagens. Daí a importância de se escrever títulos chamativos e ter uma boa quantidade de imagens. Felizmente também temos 13% de pessoas que passam até um minuto no blog, talvez até lendo os posts.

3º – Páginas por Visita. O número de páginas exibidas por dia, dividido pelo número de visitantes por dia. Aqui no EPTM eu sempre escrevo um post inteiro de uma vez, sem a necessidade do usuário clicar para depois poder ler o post (o botão botão more do WordPress). A exceção é quando o post é muito longo ou quando há algum conteúdo NSFW. Ainda assim nossa média 2,16 páginas por visitante. Desse número eu tiro que as pessoas quem vem para o endereço raiz estão clicando em algum post antigo ou virando a página e que as pessoas que vem para algum post em específico estão indo para o endereço raiz ou para algum outro post.

Como melhorar isso

O próprio WordPress tem alguns recursos nativos que podem ajudar a incrementar esses números. Usar temas que sejam widget-ready é muito importante, com eles você pode usar o recurso de Widgets na seção Apresentação.

Recent Posts

O Recent Posts é um dos mais fáceis. Ele mostra uma quantidade de títulos de posts mais recentes. Você pode conferir o nosso aí na barra direita. Aqui nós usamos o máximo que é de 15 posts antigos. É importante principalmente quando os leitores vem para um artigo em específico e iriam embora sem a possibilidade de achar os posts mais antigos facilmente.

Se você possui posts específicos que você acha que os leitores vão se interessar crie links para eles usando os widgets de texto. Aqui existem alguns que eu fiz também uns botões. São os posts para as tirinhas, estudos e filmes.

Plugins

WP-PageNavi – Um dos inúmeros plugins do Chan Lester. Com ele você pode colocar uma paginador no estilo digg. Bem melhor que o padrão do WordPress que só permite passar uma página por vez.

Paginador estilo digg
É possível mudar o estilo da paginação usando o CSS

Terong Related Links – Esse plugin faz com que você possa dizer quais são os artigos relacionados com cada post. A seleção dos artigos relacionados é manual e um pouco trabalhosa mas acho melhor do que automática. Não sei como esse blog vivia sem esse plugin.

Ok, essas foram as minhas dicas. O que eu mais posso recomendar é escrever com prazer e com qualidade, não só de plugins e links um blog pode viver. ;)

LG Prada

Olha o dia dos pais chegando. Dê uma olhada nos preços dos celulares mais caros e nos mais baratos. Buscapé.

Python para extrair informações

Python agarra homemPython me tem sido muito útil no dia-a-dia para recuperar grandes quantidades de dados codificadas dentro de sites.

Por exemplo, eu precisava de todos os nomes de cursos de pós graduação da UFC para depois jogar em uns formulário do Joomla. Esses dados podem ser conseguidos neste site da Capes.

Lá os dados estavam assim:

Cursos da UFC dentro do site da CAPES

Os nomes dos cursos estavam dentro de células de uma grande tabela, com letras todas em maiúsculo. Tentei copiar e colar um a um, na mão, mas eu vi que eu levaria um eternidade para terminar.

A título de exemplo e por segurança, eu salvei uma cópia da página em questão no nosso servidor, para que o script não falhe.

Então, transformamos esse trabalho chato e repetitivo em algo que o Python pode fazer pra você:

import urllib
pagina = urllib.urlopen("http://eupodiatamatando.com/downloads/cursos.html")
for linha in pagina:
   if linha.find("cd_programa") != -1:
      tmp = linha.split('>', 1)[1]
      nome = tmp.split('< ', 1)[0]
      print nome
pagina.close()

A saída desse programa é algo assim:

ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
AGRONOMIA (FITOTECNIA)
AGRONOMIA (IRRIGAÇÃO E DRENAGEM)
AGRONOMIA (SOLOS E NUTRIÇÃO DE PLANTAS)
AVALIAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS
BIOQUÍMICA
CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO

Da biblioteca urllib nós usamos o urlopen, que puxou a página e guardou num manipulador chamado pagina, como ele implementa o método next, nós podemos iterar sobre ele usando um simples for. Passamos por todas as linhas e sé há a string “cd_programa” dentro dela, então nós vamos pegar o que está dentro da tag. Claro que foi necessário perceber analisando o código-fonte da página que todas as células que continham o nome de curso possuim essa substring, mas sempre há algo assim.

O método split, que fatia a string, já foi discutido aqui antes.

Você deve estar se perguntando, “Vale a pena criar um programa que lê os dados especificamente de um site e que de uma hora para outra pode parar de funcionar?”. Sim, vale a pena, simplesmente porque com o tempo você vai escrevendo programas em Python cada vez mais rápido. O código só irá rodar uma vez mas no final você economizou tempo, e de uma maneira inteligente.

Por exemplo, se você quiser saber quais são as notícias que estão em cartaz no Br-linux agora:

import urllib
pagina = urllib.urlopen("http://br-linux.org")
for linha in pagina:
	if linha.find("node-title") != -1:
		tmp = linha.split('>',2)[2]
		nome = tmp.split('< ',1)[0]
		print nome
pagina.close()

Isso retorna algo assim:

Carregando seus feeds no bolso
Personalize seu teclado com o X e o KDE
Linux na cultura pop: GRUB nos quadrinhos da Marvel
iPod no Linux – guia ilustrado de uso com o Amarok
Feliz dia do Administrador de Sistemas!

Experimente usar isso no dia-a-dia, com o tempo você vai ficando bom em achar os padrões e fica fácil extrair semântica de dentro de um site.

Livros Python Promoção! Livros de Como Programar em Python pelos menores preços você encontra no Buscapé.

Dicionários e buscas para o Firefox

Antes de mais nada, use o navegador Firefox.

Por favor use o Firefox!
Hoje, 50.10% dos nossos visitantes já usam Firefox!

Um dos melhores recursos do Firefox é o campo de pesquisa. Com ele você usa praticamente qualquer serviço baseado numa frase de entrada, como o Google ou a Wikipédia.

Exemplo de uso da campode pesquisa do Firefox, no Linux usando KDE no Ubuntu.

Aqui alguns dos meus favoritos:

  • Firefox Google BrasilGoogle Brasil – Caso o seu firefox não tenha vindo com o Google em português por padrão.
  • Youtube icon Youtube – Procure por vídeo no youtube com um clique.
  • Google images icon Google Images – Esse é de longe meu favorito. Não vivo sem.
  • Firefox Wikipedia icon Wikipédia em inglês – Pra que usar Google em algo que eu sei que tem na Wikipédia?
  • Wikipédia em português Wikipédia em português – Uso essa até menos, mas ela tem melhorado.
  • Busca no Mercado Livre pelo firefox MercadoLivre – Buscar coisas no mercado livre sem ter que ir lá e achar o campo de busca.
  • Buscapé Buscapé – Para pesquisa os menores preços (nosso querido patrocinador).
  • Babelfish português icon Babelfish pt→en – Tradução de português para inglês usando o Babelfish.
  • Babelfish icon Babelfish en→pt – Tradução de inglês para português usando o Babelfish.
  • Google translator português para inglês Google pt→en – Tradução de português para inglês usando o Google Translator.
  • Google translator inglês para português Google en→pt – Tradução de inglês para português usando o Google Translator.

Você pode acessar aqui uma lista completa de dicionários.

Para instalar um campo de busca:

  1. Clique no nome dele aqui no site.
  2. Clique no nome dele no site mycroft.
  3. Uma barrinha amarela aparecerá no canto superior do seu firefox dizendo que aquele site quis instalar algo no seu firefox, clique em permitir.

Você encontra mais extensões e plugins para o Firefox no site addons.mozilla.org ou no mycroft.mozdev.org. Ambos são sites confiáveis e você pode ficar relativamente tranqüilo instalando uma extensão deles.

E já que o assunto é o Firefox, olha só o cachorro Firefox:

O verdadeiro firefox
-Se eu pudesse ter escolhido meu dono…

Spray tintaSacanei seu animal de estimação também! Comece comparando os melhores preços de tintas em spray.

Buscapé.